Monthly Archives: março 2010

Nos dias 27-28 de fevereiro de 2010 os Profs. Marcos Brioschi e Attílio Veratti ministraram o Curso Médico de Termografia Infravermelha – Quick-Start no Hospital 9 de Julho com a presença dos alunos: Charles Amaral de Oliveira, Fabrício Dias Assis, Karina R. R. Subi, Sílvia Maria Bordignon da Costa da Clínica Singular de Campinas e os alunos Aline Rafaela Lucas, Diogo Bonifácio, Cláudia Helaine Moraes Benigno, Juliana Rassy da Associação Paraense para o Estudo da Dor – ASPED. Também estiveram presentes Dra Charlize Kessin e Simone Lopes. O curso foi certificado pela Sociedade Brasileira de Termologia e pelaPanAmerican Thermology Society. O próximo evento será dias 13 e 14 de março no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

Com a epidemia de H1N1 a termografia foi introduzida em grande escala em aeroportos internacionais dos países com maior número de casos da infecção. A revista Time publicou recentemente um artigo sobre este tema:

Revista Time – Câmaras térmicas e gripe – A H1N1

O rastreamento de febre em aeroportos permite a identificação de casos suspeitos da doença. Uma vez identificada, a pessoa é imediatamente avaliada por um médico local para diagnosticar a causa desta febre e evitar a disseminação da doença. O mesmo sistema tem sido utilizado também em repartições públicas, fábricas, estádios e outros locais de grande aglomerado de pessoas. Os sistemas mais atuais não só medem a temperatura a distância sem contato mas identificam um padrão térmico facial característico da síndrome febril. Os dados são enviados para uma central que controla diversas câmeras ao mesmo tempo e que pode estabelecer medidas de contenção a partir destas informações epidemiológicas. A influenza H1N1 não é a única doença pandêmica existente. A SARS, tuberculose, antraz, MRSA e outros agentes biológicos ou bacterianos podem provocar uma pandemia muito maior e serem rastreados da mesma forma por meio da termografia.

O Dr Marcos Leal Brioschi esteve no último Congresso Europeu de Termologia realizado em outubro em Frankfurt/Main na Alemanha discutindo os protocolos do uso da termografia no rastreamento da febre.

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.