A Infraredmed inova e traz ao Brasil pela primeira vez a mais alta tecnologia no cuidado à saúde: Programa BTT de Otimização do Sono. Recentemente o Prof.º Dr.º Marc Abreu, pesquisador da Universidade de Yale, esteve no país para compartilhar seus conhecimentos e treinar médicos da Infraredmed. Ele apresentou sua mais nova descoberta: um método revolucionário capaz de prevenir doenças neurodegenerativas e aprimorar o desempenho físico e mental, melhorando consideravelmente a qualidade do sono das pessoas. O equipamento já pode ser chamado de Termômetro do Futuro, pois permite medir a temperatura exata do cérebro enquanto dormimos de forma totalmente segura e não invasiva. De acordo com o Dr. Abreu, é a temperatura cerebral durante o período de repouso que determina nossa saúde, ou seja, é ela quem conduz a nossa capacidade de remover proteínas tóxicas acumuladas enquanto dormimos, prevenindo assim doenças, preservando a saúde e aumentando o desempenho físico e mental.


Os pesquisadores descobriram que o aquecimento cerebral durante o sono é prejudicial a saúde. As doenças mais prevalentes hoje como Alzheimer, Mal de Parkinson, Esclerose Lateral Amiotrófica, Envelhecimento Precoce e muitas outras, estão diretamente ligadas a essa elevação. Na verdade, cada cérebro possui a sua temperatura ideal enquanto dormimos, o que chamamos de “padrões térmicos cerebrais” e só identificando a medida exata é possível eliminar completamente essas proteínas e toxinas ruins, e garantir que a pessoa realmente tenha um descanso restaurador e regenerativo.
Prevenção é a palavra chave.
O BTT™ Sleep Optimization, desenvolvido pelo Profº. Marc Abreu, utilizado agora também na Infraredmed, capta essas informações enquanto o paciente dorme, e pode ser útil para médicos de todas as especialidades. O aparelho detecta ondas de temperatura cerebral durante o sono e transmite remotamente pelo celular do paciente, o que permite – com a ajuda de Inteligência Artificial (IA) – identificar padrões e atividades que possam estar causando um sono prejudicial. Atitudes como tomar banho quente, fazer atividade física a noite, exposição demasiada ao ar condicionado ou sair no frio sem blusa, por exemplo, podem provocar estímulos térmicos significativos que atrapalham a saúde do sono. Sendo assim, é necessário criar um ambiente propício para uma noite tranquila e exercitar os “impulsos” que levam a diminuição do estresse. Mas nem todo mundo sabe exatamente sua temperatura cerebral e quanto que estes hábitos podem realmente estar influenciando positiva ou negativamente. O intuito do exame é identificar quais hábitos são ideais para cada pessoa de acordo com sua resposta térmica, isto é, relacionando a curva térmica com os hábitos de vida do paciente previamente registrados num diário semanal. O cruzamento destas informações e análise por IA geram um relatório médico tanto diagnóstico quanto terapêutico para ajudar o paciente e também o profissional de saúde a trata pacientes com estas enfermidades ou p.ex. pacientes com dor que não tem sono adequado, pacientes com doenças cardiovasculares. Ou até mesmo atletas que procuram melhorar seu desempenho físico e mental.
A InfraRedMed acredita que este é um grande passo da Medicina na avaliação do sono e prevenção de doenças. Desta forma, onze das clínicas credenciadas já estão aptas a oferecer o BTT™ Sleep Optimization Program. É importante lembrar que, assim como os exames de imagem por Termografia Médica, este também precisa ser realizado por um profissional altamente qualificado em Termologia. Nossos médicos são especialistas na área e passam por um longo período de treinamento para que possam realizar a avaliação e laudos de exame.

Confira as clínicas credenciadas que já estão disponibilizando a avaliação da temperatura cerebral BTT durante sono:

Hospital Sírio Libanês – Unidade Itaim

Prime Medical Center – Rua Joaquim Floriano, 533 – 3o andar, São Paulo/SP

Telefone: (11) 3155-0200

Responsável: Dr Marcos Leal Brioschi/ Dr. Mauricio Zylbergeld

Hospital 9 de Julho

Hospital 9 de Julho – Rua Peixoto Gomide, 625, Cerqueira César/SP

Telefone: (11) 3147-9430

Responsável: Dr Marcos Leal Brioschi/ Dr. Mauricio Zylbergeld

 

INC Instituto de Neurologia de Curitiba

INC – Filial Shopping Pátio Batel, Av. do Batel, 1868 – Batel, Curitiba – PR, 80420-090

Telefone: (41) 3028-9575

Responsável: Dr Marcos Leal Brioschi / Dr. Carlos Dalmaso

 

Brain Instituto

Av. Visconde de Guarapuava, 5090, Batel, Curitiba/PR

Telefone: (41) 3019-2203

Responsável: Dr Raulph Guimaraes CRM 21350

 

Clinica Imperatriz

Rua Natividade 3985, Santo Amaro Da Imperatriz/SC

Telefone: (48)3245-6007

Responsável: Dr João Paulo Lopes Brosso

 

Clínica Palliare

Rua Antônio Maria Coelho 270, Jardim dos Estados, Campo Grande/MS

Telefone: (67) 3026-3329

Responsável: Dr Maruãn Omais

 

NOVACLINICA CLÍNICA MÉDICA LTDA.

Rua Machado Bitencourt, 361 conjunto 607 – 6º andar

Vila Clementino – CEP: 04044-001 – São Paulo/SP

Responsável: Dr. Naif Thadeu Naif de Andrade

 

Termografia

Praia de Botafogo 316 sala 1006

Botafogo – Rio De Janeiro/RJ

Telefone: (21) 2537-2152

Responsável: Dr Paulo Roberto Carvalho Rosado

 

Clínica da dor ROSA PAPALEO

Rua das Pernambucanas – S/N Hospital Jaime da Fonte -Graças – Recife/PE

Telefone: (81) 3416-0000

Responsável: Dra Rosa Maria Papaleo

 

Clínica Silhueta

24 de Outubro, 194, Centro – Cuiabá/MT

Telefone: (65) 3624-9588

Responsável: Dr Waldirson Benedito Moraes Coelho

 

 
Um dos maiores estudos feitos para investigar a degeneração do disco da coluna lombar foi publicado na revista Arthritis & Rheumatology, chamado The Association of Lumbar Intervertebral Disc Degeneration on MRI in Overweight and Obese Adults, avaliou mais de 2500 adultos obesos e revelou que eles são significativamente mais propensos a ter hérnia de disco na região lombar do que aqueles com um índice de massa corporal (IMC) normal. Um IMC maior que 23,3 apresentou um elevado riscoPortanto, uma forma indireta de saber o risco de ter hérnia de disco lombar é calculando seu IMC e verificar se está acima ou abaixo de 23,3.

 

Calcule abaixo o seu risco de hérnia de disco:

Calculadora de IMC



KG
cm
anos

 

(c) BMI-Rechner.net/es/ | IMC

Calc. IMC Tabela Dieta Pontos

 

 

Depois de calcular, para saber qual é a sua situação, você deve encontrar o seu índice na ilustração:


Fonte 

Este é um cálculo de risco, não significa que você tenha ou não uma hérnia. Existem outros fatores que também estão associados a um risco aumentado de dor lombar são eles:

 

    • Tabagismo
    • Sedentarismo
    • Trabalho físico pesado
    • Postura de trabalho muito estática
    • Inclinar e girar o tronco freqüentemente
    • Levantar, empurrar e puxar
    • Trabalho repetitivo com ou sem vibrações

 

E é bom saber, que mesmo que você tenha uma hérnia de disco, ela pode ser ASSINTOMÁTICA. 
Isso mesmo, pode não causar dores!!! Se um exame de Ressonância ou Tomografia indicar uma hérnia de disco não saia correndo pensando que terá que fazer cirurgia!! Muita calma nesta hora!
Esse é um dado muito importante, pois atualmente realiza-se muitos exames de imagem como Ressonâncias e Tomografias, e é muito comum a presença de hérnias de disco que não são diretamente responsáveis pelos sintomas, no entanto não é incomum o paciente ficar preocupado com o laudo e passar a tomar medidas que acabem prejudicando ainda mais a saúde da coluna, como por exemplo, a suspensão de atividades físicas. 
Após os 50 anos, 30% das pessoas apresentam alguma forma assintomática desse tipo de problema na coluna.

 

Então ter hérnia disco não significa nada se ela não vier acompanha de sintomas como:

 

– Dor lombar que pode irradiar para as pernas;
– Formigamentos e dormências de pernas;
– Fraqueza muscular;
– Perda de sensibilidade das pernas.

 

Se você apresenta algum destes sintomas deve procurar um médico para avaliar por meio de exames específicos.
A TERMOGRAFIA MÉDICA é um exame funcional, diferente da Ressonância ou Tomografia, só resulta alterada nos casos de dor.
Isto é, quando a hérnia de disco tem relação realmente com a dor. Nas hérnias de disco assintomáticas a TERMOGRAFIA MEDICA não é positiva e portanto, assim previne-se o risco de uma cirurgia desnecessária.
A TERMOGRAFIA MÉDICA também serve para documentar outras causas de dores (como espasmo musculares, doenças articulares degenerativas e sacroiliítes) que não tem relação com a hérnia de disco e cujo tratamento é totalmente diferente.

 

Referência: 
Samartzis D, Karppinen J, Chan D, Luk KD, Cheung KM. The association of lumbar intervertebral disc degeneration on magnetic resonance imaging with body mass index in overweight and obese adults: a population-based study. Arthritis Rheum. May;64(5):1488-96, 2012.

 

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico. Medicina diagnóstica, termografia médica para diagnóstico da dor, prevenção de lesões esportiva e no trabalho, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

20141208
A Associação Brasileira de Termologia (ABRATERM) congrega os profissionais da área de Termologia e Termografia na Área de Saúde, em defesa dos interesses do associado nas mais diversas aplicações que o método tem a oferecer.
Entidade sem fins lucrativos fundada com finalidade de:
• Regulamentação Profissional
• Pesquisa
• Divulgação
• Educação em Termologia e Termografia.
É uma organização reconhecida e legitimada que une os profissionais interessados na área em parceria com outras Associações, Institutos e Fundações de diferentes especialidades médicas e do campo da Saúde, tanto nacionais quanto internacionais.
• Conta com uma estrutura própria para desenvolver projetos e campanhas com órgãos governamentais, associações e empresas interessadas em propiciar saúde e desenvolvimento.
Por que se associar?
1. Fique por dentro do que acontece em Termografia Médica
2. Carteira de membro associado para DESCONTOS
3. Acesso a Revista PAJMT
4. Carteira de Qualificação em Termologia para aprovados AMTC
5. Acesso a Área Restrita do site
6. Carteira de Membro Titular para aprovados Especialização
7. Descontos para os Congressos Brasileiros de Termologia
A ABRATERM se preocupa em atender as necessidades dos profissionais ligados à área de Termologia e Termografia, promovendo o intercâmbio técnico-científico entre seus membros no Brasil e no mundo. Além de responsável pela certificação em Termologia e Termografia na área de saúde no Brasil, promove e fomenta publicações científicas e institucionais por meio da Revista PanAmericana de Termologia Médica (PanAmerican Journal of Medical Thermology) e Congressos Nacionais e das Sedes Estaduais pelos respectivos Departamentos Científicos.
Treinamentos:
• Cursos em parceria com IBTM
• Qualificação em Termologia Clínica (AMTC)
• Apoio a Especialização em Termologia Clínica e Termografia FMUSP
Faltou mais uma razão, não é?! Por que associar-se?
• Porque precisamos de uma associação forte com você
• Com foco objetivamente direcionado
• Trabalhando para melhorar
• Desenvolver e divulgar a termologia médica
• Aumentando nossa participação
• Defendendo os interesses de você, associado, nas mais diversas aplicações que o método tem a oferecer
• Acolhemos suas solicitações
AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

24_Nov

No início dos anos 90, o uso de novas tecnologias comunicativas foi significativo na Medicina. É o caso da Telemedicina, que, segundo a Declaração sobre Responsabilidade e Normas Éticas na Utilização da Telemedicina, trata-se do “ exercício da medicina a distância, cujas intervenções, diagnósticos, decisões de tratamentos e recomendações estão baseadas em dados, documentos e outra informação transmitida através de sistemas de telecomunicação”. Atualmente, a aplicação da telemedicina se estende a diversas especialidades médicas como cardiologia, dermatologia, oftalmologia, patologia, entre outras.

O objetivo dessa categoria é permitir o diagnóstico à distância e melhorar a interpretação de exames e facilitar a mobilidade do paciente a uma possível consulta secundária ou até mesmo para aqueles pacientes que não têm acesso a médicos especialistas em determinados tipos de exames. Para que esse procedimento seja realizado, o médico faz o download das imagens, as interpreta e reconstrói para posteriormente fazer o laudo. Além disso, o laudo a distância agiliza o procedimento a ser tomado segundo a decisão do médico.
Após muitos estudos e avaliações, comprovou-se a efetividade clínica e aceitação dessa nova prática no diagnóstico por imagem. Segundo alguns dados da Sociedade Europeia de Radiologia (ESR) cerca de 65% dos entrevistados utilizam a telerradiologia, entre eles 53% utilizam em instituições, 32% usam em casa e 15% em outros lugares. Generalizando, cerca de 80% dos entrevistados apresentaram opiniões positivas sobre a telerradiologia.

Laudos a distância InfraRedMed

Através de um sistema seguro e de alta tecnologia, todos os laudos atendidos pelo grupo de especialistas InfraRedMed tem o selo de qualidade junto à imagens impressas, em contrapartida também é possível verificar o laudo no nosso próprio site. Todos as clínicas credenciadas trabalham com a qualidade diagnóstica padrão da InfraRedMed.
Atualmente a capacitação para a interpretação médica dos exames de termografia é realizada com um treinamento de, no mínimo, 2 anos na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

20141117

A preocupação das pessoas com a saúde está em constante crescimento. Cresce também, o número de pessoas que buscam exames como método preventivo de doenças ou para busca de resposta para causa de sua dor crônica. Com isso, a procura de centros de diagnóstico de termografia têm recebido cada vez mais clientes encaminhados por profissionais médicos.

Além disso, tecnologia desses sistemas de diagnóstico por imagem tem permitido que todo o processo de atendimento seja feito de forma ágil e segura. A informatização atribui um ganho significativo ao serviço, já que a espera para o laudo final é reduzida e ainda pode ser compartilhada de forma segura com o paciente e o médico através da internet.

A termografia é um método totalmente inócuo, sem radiação, contraste ou contato. Sem contraindicações, é seguro para crianças, gestantes e idosos.

E como se preparar para o dia do exame?

Se você optou por realizar uma termografia, deve seguir as seguintes recomendações:

Nos 2 dias anteriores ao exame evite expor-se excessivamente ao sol e separe seus resultados de exames anteriores.
No dia do exame:

1. Traga todos os laudos dos seus exames anteriores

2. Não se submeta a massagens ou qualquer terapia que aqueça ou esfrie demasiadamente o seu corpo

3. Pode tomar banho no dia do exame. Apenas evite banhos muito quentes

4. Não use cremes, pós ou pomadas em excesso.

5. Não usar sutiã ou roupas muito apertadas no dia exame.

Até 3 horas antes do exame:

1. Não ingerir bebidas estimulantes (cafeína, alcoólicas);

2. Não usar descongestionantes nasais;

3. Não fumar;

4. Não se depilar ou barbear;

5. Retirar aparelhos imobilizadores (braços, tornozelos etc) ou faixas (curativos serão retirados na clínica antes do exame).

A INFRAREDMED® é a primeira rede integrada de diagnósticos por imagem infravermelha para instituições médicas, hospitalares, clínicas e consultórios. Focada em assessoria e educação médica continuada na área de diagnóstico por infravermelho.
Todo nosso conteúdo é desenvolvido em parceira com instituições médicas de excelência, nacionais e internacionais.
Confira a unidade credenciada mais próxima de você e solicite seu exame juntamente com seu médico: https://goo.gl/Xi3KL3

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

indigestion_ozqd1
Neste mês de novembro, mês da saúde do homem, a dor é um tema que deve ser lembrado. Algumas dores são mais prevalentes em homens do que em mulheres, como: gota, espondilite anquilosante e a doença coronariana. Porém, a dor pélvica crônica (DPC), que pode estar localizada entre a região abaixo do umbigo, pube, testículos, raiz das coxas e glúteos pode apresentar intensidade suficiente para interferir na relação sexual e atividades habituais do homem e exigir ajuda médica.
A DPC é desgastante tanto para o paciente quanto para o médico, e não raro os faz percorrerem atrás de dezenas de outros profissionais da saúde e por procedimentos cirúrgicos em busca de ajuda para lidar com seu martírio.
Diversas são as possíveis causas deste tipo de dor, dentre elas:
  • cirurgia abdominal ou pélvica anterior, como da próstata, bexiga e quadril;
  • aderências cirúrgicas;
  • lesões de nervos da parede abdominal (ilioinguinal);
  • postura inadequada com acentuação da lordose lombar e cifose torácica;
  • falta de condicionamento muscular, acarretando em alterações musculoesqueléticas, desequilíbrio pélvico e hipertonicidade de certos músculos (piriforme, íliopsoas);
  • doença inflamatória dos intestinos, diverticulite, hérnia inguinal, tumores, cálculos renais, lesões da uretra, dor lombar baixa, compressão de nervos;
  • lesões relacionadas à atividade física e esporte (pubalgia, dor na virilha).
câncer de próstata, em geral não apresenta sintomas até que atinja um tamanho considerável, por isso sua avaliação periódica após 50 anos é recomendada. Sintomas como dor lombar, problemas de ereção, dor na bacia ou joelhos, sangramento pela uretra podem ser suspeitos.
O exame clínico é fundamental para esclarecer a causa mais provável, contudo muitos destes pacientes são sofridos, passam geralmente, por diversos médicos referindo o mesmo problema. Na maioria das vezes, o exame físico mostra apenas um desconforto subjetivo e uma atitude resistente do paciente à avaliação, especialmente quando exames complementares como ultrassonografia, tomografia, urografia excretora, colonoscopia resultam normais, isto é, não trazem uma alteração anatômica que explique a dor e muito menos câncer.
Um novo equipamento completa o arsenal diagnóstico do médico, e traz uma luz para este tipo de problema, se trata da termografia por infravermelho, também conhecida como termometria cutânea. Ela permite por meio de imagem térmica de alta sensibilidade avaliar a dor e identificar a causa nos casos em que não se encontram alterações anatômicas. Totalmente seguro, sem contraste, sem radiação e sem contato, o aparelho faz uma varredura de corpo total em busca de inflamação, lesão muscular e de nervos. Isto permite obter um caminho mais efetivo no tratamento da dor.
A realização da termometria cutânea é bastante segura para o paciente, não há contraindicações para gestantes, crianças ou idosos, nem problema quanto ao uso de marca-passo ou próteses. O agendamento do exame pode ser feito em qualquer uma das unidades mais próxima de você.
AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

Matheus esteira 94

No segmento esportivo comumente nos deparamos não só com novas tecnologias para o tratamento de lesões musculares mas também no seu diagnóstico e prevenção. Seja de modo recreativo ou profissional, as pessoas que praticam atividades físicas estão suscetíveis a sofrerem lesões, especialmente quando treinam de forma intensiva mesmo corretamente e com preparação adequada.

Acompanhada de dor ou não, o lesionamento – entre os mais comuns: entorses, contusões, distensões, luxações, tendinites e câimbras – podem interromper a prática esportiva.

Termografia Esportiva

O diagnóstico auxiliar pela termografia em atletas pode ser muito importante para o tratamento mais efetivo e correto. As lesões são traumas que sucedem de uma série de alterações no músculo e tecido conjuntivo. Consequentemente desencadeando o processo de inflamação que acelera o metabolismo e, respectivamente, aumenta o calor (radiação térmica) na região. Mínimas alterações do gradiente de temperatura podem ser detectadas e analisadas com facilidade no diagnóstico por imagem térmica.
Visto que a Termografia é um método não invasivo e preciso, as alterações do gradiente mostram precocemente o início do processo inflamatório que pode ainda não se manifestar com sintomas de dor e sinais visíveis como edema. Ou seja, ela age de forma preventiva.

Previna-se contra lesões
· Aquecer antes de qualquer exercício;
· Fazer alongamentos antes e depois de praticar um exercício;
· Não intensificar os treinos além do limite do seu corpo;
· Analisar os riscos de cada exercício;
· Usar equipamentos de proteção específicos para cada modalidade desportiva.

Identificar precocemente aumento irregular de temperatura muscular e articular

 

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

foto-sistema

O câncer é uma realidade que temos de encarar e o diagnóstico precoce, na maioria das vezes é fator determinante do sucesso do tratamento. A mentalidade preventiva deve se ajustar à realidade de hoje e incluir a detecção de fatores predisponentes, tanto constitucionais e hereditários como ambientais (hábitos de vida, tabagismo, obesidade). Muitas vezes, nosso organismo exibe sinais importantes que acusam uma possibilidade maior de estarmos com câncer, tais como: febre, dores, sudorese (suor excessivo), aumento dos linfonodos (ínguas, gânglios) em locais não habituais, sangramento na urina, nas fezes ou no escarro. Na pele, algumas características das pintas devem ser observadas, como alteração nas margens, na cor e ou no tamanho. Aparecimento de nódulos ou feridas que não desaparecem dentro de 3 semanas é um sinal importante de alerta. Alterações nos hábitos intestinais (obstipação ou diarréia) ou perda de sangue nas fezes podem ser sinais de câncer colo-retal. Aparecimento de nódulos nas mamas, crescimento de nódulos já existentes, alteração da textura ou cor da pele, saída de secreção sanguinolenta pelos mamilo, são sinais de alerta de câncer de mama. O aumento de temperatura da mama é um sinal de alerta de câncer de mama. A termografia permite sinalizar anormalidades pelo aumento desta temperatura. Esteja atento e não ignore nenhum sinal que apareça sem uma explicação coerente. No câncer não existe excesso de precaução. Você pode ser responsável por orientar um diagnóstico precoce em outra pessoa.

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

20141007

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS – http://www.who.org), Telemedicina compreende a oferta de serviços ligados aos cuidados com a saúde, nos casos em que a distância é um fator crítico e falta de especialistas; tais serviços são prestados por profissionais da área da saúde, usando tecnologias de informação e de comunicação para o intercâmbio de informações válidas para diagnósticos, prevenção e tratamento de doenças e a contínua educação de prestadores de serviços em saúde, assim como para fins de pesquisas e avaliações.

A maior parte das especialidades médicas já utiliza tecnologia da informação e comunicação para o desenvolvimento da prática médica a distância. O contínuo desenvolvimento da tecnologia de telecomunicações vem afetando os profissionais de saúde, abrindo novas possibilidades para a colaboração a serviços prestados em regiões muito distantes. Dentre os usos de telemedicina mais conhecidos estão a videoconferência médica, os trabalhos colaborativos e o estudo de casos na área de pesquisa; a educação a distância, a educação continuada, a especialização, o aperfeiçoamento e a atualização na área de capacitação profissional; e a segunda opinião, a consulta on-line e o telediagnóstico por imagem na área de atendimento.

No Brasil, as ações em Telemedicina vêm sendo realizadas desde a década de 90, porém de forma tímida. Um país com dimensões continentais, no entanto, tem muito a ganhar com a formação e a consolidação de redes colaborativas integradas de assistência médica a distância. Benefícios como a redução dos custos com transportes e comunicações e a possibilidade de levar a medicina especializada a regiões remotas do país fazem enorme diferença.

Resolução CFM n°.1.643/2002 Art. 1°: Definir a Telemedicina como o exercício da Medicina através da utilização de metodologias interativas de comunicação audio-visual e de dados, com o objetivo de assistência, educação e pesquisa em Saúde.

SERVIÇO DE TERMOGRAFIA INTEGRADA POR TELEMEDICINA

A Infraredmed por meio da telemedicina auxilia unidades de saúde que necessitam disponibilizar exames de termografia na sua cidade com uma equipe de profissionais médicos especializados no apoio diagnóstico de pacientes com dor e outras enfermidades, e com a mesma qualidade realizada nos grandes centros. Cada vez mais, instituições de saúde tem recorrido a um aliado precioso para garantir o atendimento de qualidade de seus pacientes com dor: a teletermografia por infravermelho. Com a parceria da Infraredmed, unidades de saúde conseguem com agilidade e segurança o apoio na análise de exames durante 24 horas, tendo renomada equipe de termologistas à disposição durante todos os dias do ano.
Assim como aconteceu no Brasil, onde a Infraredmed agilizou e encurtou a distância entre a termografia de alta definição de grandes centros de dor com unidades de saúde de todo o país, as soluções oferecidas pela empresa vêm conquistando o mundo. Mais recentemente, a Infraredmed acabou de abrir mais duas filiais internacionais, depois de Portugal, agora também na Holanda e Polônia. Estas novas unidades serão pioneiras nas suas regiões, trazendo uma série de benefícios por meio de uma estrutura toda pronta para iniciar com laudos de qualidade e imprescindíveis para apoio, tomada de decisão e conduta terapêutica. A expansão mostra a importância da teletermografia integrada e seu amadurecimento cada vez maior pela comunidade médica.

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation.
Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Etiam porta sem malesuada magna mollis euismod. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vivamus sagittis lacus vel augue laoreet rutrum faucibus dolor auctor. Aenean eu leo quam. Pellentesque ornare sem lacinia quam venenatis vestibulum. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum.

Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Fusce dapibus, tellus ac cursus commodo, tortor mauris condimentum nibh, ut fermentum massa justo sit amet risus. Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Vestibulum id ligula porta felis euismod semper. Donec sed odio dui. Fusce dapibus, tellus ac cursus commodo, tortor mauris condimentum nibh, ut fermentum massa justo sit amet risus. Curabitur blandit tempus porttitor. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Maecenas faucibus mollis interdum.

 

LOREM IPSUM DOLOR SIT AMET, CONSECTETUR ADIPISCING ELIT. DONEC ID ELIT NON MI PORTA GRAVIDA AT EGET METUS.

Maecenas faucibus mollis interdum. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Donec sed odio dui. Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Morbi leo risus, porta ac consectetur ac, vestibulum at eros. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Aenean lacinia bibendum nulla sed consectetur. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus.

Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Etiam porta sem malesuada magna mollis euismod. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vivamus sagittis lacus vel augue laoreet rutrum faucibus dolor auctor. Aenean eu leo quam. Pellentesque ornare sem lacinia quam venenatis vestibulum. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum.

Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Nullam id dolor id nibh ultricies vehicula ut id elit. Morbi leo risus, porta ac consectetur ac, vestibulum at eros. Aenean lacinia bibendum nulla sed consectetur.

Nullam id dolor id nibh ultricies vehicula ut id elit. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Morbi leo risus, porta ac consectetur ac, vestibulum at eros. Vivamus sagittis lacus vel augue laoreet rutrum faucibus dolor auctor. Aenean lacinia bibendum nulla sed consectetur. Vestibulum id ligula porta felis euismod semper. Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Etiam porta sem malesuada magna mollis euismod. Sed posuere consectetur est at lobortis. etiam porta sem malesuada magna mollis euismod. Donec ullamcorper nulla non metus auctor fringilla. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Maecenas faucibus mollis interdum.

AVISO IMPORTANTE:
O conteúdo deste site é de caráter educativo e não deve ser considerado consulta médica, provável diagnóstico ou tratamento recomendado. Todas as imagens com pacientes e terceiros têm sua autorização escrita.
Site educativo do Dr. Marcos Brioschi, médico, medicina diagnóstica. Termografia para diagnóstico da dor, risco de lesão esportiva, atividade metabólica, risco cardiovascular, avaliação metabólica da mama

© 2007-2017 Canal InfraRedMed – Dr. Marcos Brioschi. Todos os direitos reservados.

Page 1 of 10
1 2 3 10